quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Dia 2 em San Francisco

Acordamos e fomos tomar café , o tradicional e insuportável Bacon and Eggs. Não tem outra opção. Eca! Aliás, pra quem não sabe o que é Hash Brown, que está sempre no cardápio, fica a dica: é uma espécie de Batata Rostie.. sim, no Café da Manhã!!!!!!!! Pânico!



O  Cafe foi no Lori´s, bem turistico, cheio, mas agradável, decorado e com atendimento OK.



Nosso próximo destino era ir pra CASTRO Street, a rua mais conhecida de San Francisco, por ser um marco na história Gay. Uma coisa fofa a rua! Cheia de bandeira com arco íris, casais, etc. Um clima agradável.




Para chegar lá, de forma econômica, pegamos o trem F , na Powell com Market. O ponto final é na Castro Street. Andar entre a 17th e a 18th Streets é obrigatorio, ver o Teatro, etc.


De lá, nosso próximo ponto era o Golden Gate Park.

Dica Boa!! Pegamos o trem 33, na 18th Street e fizemos um belo percurso!! Andamos bastante por dentro do park, passamos pelo Conservatory os Flowers (7 usd a entrada), passamos por vários parques, e queria mto entrar no Science Museum ou algo do gênero, mas eles estavam avisando que o Planetário estava fechado e era o que eu mais queria ver. A entrada, de 24 usd não me deixou entrar pra nao ver o meu principal interesse.


Tem tb o Japonese Garden, que custa 5 usd a entrada tb.. e fofo.

Tem mtos esquilos fazendo apresentações gratuitas! Uns fofos!!!



Pegamos a Saída do Park, até a Fulton Street e de lá descemos até a Rua do Park Presidio e pegamos o ônibus 28, que nos levou a tão famosa Golden Gate Bridge!! O ônibus estava lotado!


Saltamos na Ponte mesmo, e dá pra andar por ela, pela lateral, tiramos mtas fotos. Beleza.



Tem um onibus gratuito/ Shuffle  que a cada 30 min, dá uma volta pela área chamada Presidium, que não entendemos exatamente o que é. Mas, nos deixou mais ou menos próximo ao Exploratorium, que é mto bonito e vale a ida! Aviste a cupula marrom e siga. Nao tem como se perder.


De lá, pegamos um Onibus apenas para andar 4 blocos e nos deixar na esquina da Rua FIlmore que precisávamos pra pegar o 20, que era o ônibus que nos deixaria na rua atrás da ALAMO Square. Casas em estilo Vitoriano, lindas! Cartão postal garantido! =)



Seguimos a pé, por uns 6 blocos, até o Civic Center, e o City Hall , que e mto bonito.


De lá, peguei um trem pra Market Street e fui ao shopping em frente ao Hotel, pq ninguem é de ferro!!!



Espero que tenham gostado das dicas de San Francisco.


Bjs

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Chegando em San Francisco !

Assim que desembarcamos em San Francisco, procuramos o BART, que é um "metro" que deixaria a gente no Centro.



Desembarque, vire à direita e vá até o fim do corredor, onde , num cantinho, tem a escada Rolante e suba. 


O pagamento do Ticket é com base no local/estação que vc vai saltar. 


Se vc, como eu, vai pro Centro de San Francisco, perto da Union Square, seu destino a ser selecionado na Máquina do Bart é POWELL St. A compra é feita de uma forma estranha. Vc mesmo soma o valor do bilhete  de acordo com o valor que tem na Tabela do lado da máquina, e diz qdo está pagando, até chegar ao valor correto da soma das passagens (no caso, 2).  É esquisito, mas qdo vc chegar lá sabendo disso, vai ficar simples, acredite! ;)


Saltamos na Powell Station, que era de CARA no ponto final do Cable Car, e a menos de 50 metros do nosso Hotel, Parc 55, que achei ótimo e com super preço, como já falei por aqui.

O Roteiro que fiz foi esse abaixo, todo a pé.

Confesso que foi cansativo, mas qdo vc nao conhece a cidade e não tem mto tempo de conhecer os meios de transporte, caminhar não é má idéia!




Saímos do Hotel, subimos a rua (sim, tem mtas subidas em San Francisco) e fomos até Union Square. Subimos um pouco mais e fomos até o lado de Chinatown , pelo pórtico de Entrada, Old Mary´s Church, etc.






Seguindo em direção ao Ferry Building,  passamos pelo Pyramid Transatlantic, que é o prédio mais alto da Cidade, e super bonito tb!




Andamos pelo Pier, no Ferry Building... tiramos fotos, passeamos e fomos em direção a Coit Tower, de onde se vê toda a cidade.

Passamos pela Levi´s Plaza, subimos uma mega hiper giga escadaria (não sei se tem outro acesso.Fatalmente, nao pode ser pior do que esse!!! Subimos mto!). E chegamos na Coit Tower.


A entrada custou 5 dólares, e vale a pena perder alguns 10 minutos olhando os murais que cobrem toda a base da torre, onde se compra o Bilhete e ler sobre a história, dos artistas que pintaram aquele local na época da Grande Recessão dos EUA, logo após a Primeira Guerra. 


A vista é bem bacana, de 360 graus da cidade! E de onde se vê bem Alcatraz.



Descemos e passamos pelas casinhas fofas , em direção a North Beach, passando por Saint Peter and Paul Church, em frente a Washington Square. 

North Beach é bacana. Cheia de restaurantes, cafés, e tem um clima bem boêmio, artístico.. cool.


Seguimos alguns quarteirões até a Lombard Street, que é a Rua mais íngreme do Mundo, com  27 graus!! Haja perna!!! O Ideal seria pegar o Cable Car, em direção a Ficherman´s Wharf que deixa bem em cima da rua, e não precisa de todo esse sacrifício.. Mas, marinheiro de primeira viagem erra. E deixa a dica pro próximo não fazer o msm. Mas é bacana, subir a rua, ver as casas. Todo mundo está ali pra tirar fotos, fazer poses, pegar alguns ângulos e valeu ter subido. 








Dali fomos pra Fisherman´s Wharf a pé. Tentamos um cable car, mas demorou demais a passar... e ai fomos andamos, pq era descida... foram uns 8 blocos.


Nao tem nada de legal nessa área. Sinceramente. Um monte de lojas turísticas, mto frio, coisas vagabundas que nem dá vontade de entrar. O local não é mto bem conservado. O que valeu foi ir ao Pier 39, que é arrumadinho. Chegamos as 8 da noite em ponto e o Aquario tinha acabado de fechar... enfim.... Acho que custa 8 dolares a entrada. Mas, nao conseguimos... 








Saímos e vimos os leões marinhos que ficam relaxando por lá, num frio de rachar!!! Pegamos o cable car de volta pra Powell  Street, no Ponto final, em frente a Guirardelli Square. A fila e gigante, e o friiiio que fazia, vcs não tem idéia. O ideal , dizem , é sentar do lado de fora, mas dps de congelar, preferi sentar dentro mesmo. Mas o passeio é bem bonitinho , custa 5 usd por pessoa cada perna (CARO!) e obrigatorio, nem que seja uma vez.


Nosso hotel ficava colado na esquina da Powell, então, saltamos de novo no ponto final, o que foi otimo. 


O Jantar foi num Italiano delicioso em frente ao Hotel. Se nao me engano, Puccini, o nome. Foi em torno de 90 usd, o casal, com vinho. Comemos carne, risoto, etc. Otimo!


Em breve, o outro dia em San Fran!


Até a próxima!
Carol




sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Dia 4 - De Las Vegas a San Francisco

Continuando, dps de uns dias trabalhando mtoooo (aqui):




No dia 3 de Agosto, saímos de Las Vegas em direção à San Francisco, de avião. Em poucos minutos chegamos ao aeroporto, onde tomamos café (aquele terrível café americano de sempre!). Tivemos um problema grande pq o vôo atrasou demais!! Esperamos por mais de 2horas até a "neblina" (chamada de Foggy, em inglês) sair do céu de San Francisco... e isso realmente me deixou impaciente.


A passagem que comprei foi pela Virgin America Airlines, e foi bem barata: em torno de 69 dólares para cada um, o que eu achei mto bom. Se fosse de carro levaríamos quase 9 horas! Comprei aqui ó.


Dps de 2horas aguardando o embarque, ainda em Las Vegas, chegamos a entrar na aeronave, mas dps de 40 minutos, tivemos que sair e voltar para a sala de embarque, porque algo tinha aquecido no avião!! Pânico! Esperamos mais 1h. A essa altura, acho que eu nem preciso dizer que estava aos prantos e furiosa, né!? Mas, ok... finalmente embarcamos às 12:30, ao invés de 9:30!!! 



Resultado desse atraso: Tínhamos ainda menos tempo de aproveitamento em San Francisco!! E teríamos que dar uma acelerada no nosso roteiro do primeiro dia para conseguir ver tudo que eu tinha programado.


San Francisco é uma cidade que tem bastante coisa para ser vista. Mas, acho que em 3 dias é suficiente ver tudo e ter um panorama geral da cidade. Claro que quem quiser ver tudo com calma, fazer compras, e tudo mais, precisará de mais um diazinho.



Mas, eu avisei desde o início que a nossa viagem foi bem corrida e realmente foi! Culpa minha!! Eu sei e já saí do Brasil sabendo que seria, mas como eu já expliquei, preferi fazer mais rápido e ter um overview pq não pretendia voltar a essa região nem tão cedo. Mas, no primeiro dia, fizemos um super roteiro que eu vou explicar passo-a-passo no próximo post!!Demorei para montar, mas vou dar molezinha para vcs, tá!? =)


A duração da viagem de avião foi rápida: em torno de 2:30, pq tem fuso horário entre as cidades e o vôo transcorreu sem problemas.


Uma coisa interessante nos Vôos internos nos EUA: as bebidas alcoólicas são cobradas a parte, assim como os petiscos. E para assistir ao vídeo, vc precisa comprar o EarPhone, que custa 2 ou 3 dólares. Então, vale a pena, para distrair e vc poderá usar em qualquer outro vôo que fizer.


Por enqto fiquem com o gostinho.... volto em breve!


Bjs
Carol

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Considerações sobre Las Vegas....

Oi!

Estou de volta com algumas considerações que eu acho interessantes fazer sobre Las Vegas:




1) O Check in do Hotel é por volta das 15h, mas deixe sua bagagem por lá e vá dar uma volta! Nao se preocupe com isso. (E reze pra te darem um Upgrade no quarto! hehehe)


2) Escutei de mtas pessoas que seria essencial alugar um carro para poder circular por lá. Acho que isso depende. Eu fiquei pouco tempo, apenas 2 dias e mesmo que eu ficasse 3, nao alugaria. Primeiro pq eu acho que o Carro te impede um pouco de circular mais livremente, dar uma caminhada. Vc deixa ele parado no Hotel que vc estacionou e se quiser andar 2 ou 3 hoteis a frente, dps terá que retornar pra pegar o carro. E por isso, te limita um pouco nas caminhadas, que sao boas e cheias de atrações em Vegas.


Outro ponto é: os taxis não são carissimos! Paguei 10 dolares do Venetian até o Luxor que é uma distancia bacaninha. E dali, voltei andando numa boa até o Bellagio pq voltamos por dentro dos Hotéis, passeando e conhecendo. Se eu tivesse com carro, como falei no parágrafo anterior, teria que voltar ao Luxor pra pega-lo novamente! Eu acho besteira e um trabalho incrivel....


Mas , se vc quiser ir a outras partes de Las Vegas, se tiver mais dias disponíveis, quiser passear pelas belezas naturais ao redor, acho que é valido.. 



3) Dica boba, mas essencial em Vegas: Hotel bem localizado! Não precisa ser caro, só precisa ser bem localizado. Os que eu recomendo (não vi os qtos!): Paris, Ballys (uma amiga ficou e gostou!), Paris Las Vegas, Monte Carlo, NYNY... MGM... e o meu querido Bellagio!



4) Os restaurantes fecham às 22:00 / 22:30 no máximo ! Pode parecer piada, mas não é! Então, ou jante antes de ir pra show que vc assistirá à noite ou já saiba pra onde ir assim que o evento acabar, para nao perder tempo!






Caso vc não siga essa dica e queira ainda assim duvidar, tudo bem! Se der desespero de fome às 23:20 e vc não quiser recorrer ao Mc Donalds (tem um do lado do Venetian!), ou Burger king (tem um em frente ao Ceasars) vá ao Augustu´s Café no Ceasars. Comemos um Hamburguer a la OutBack, mto bom, com batatas! 




5) O Black Jack tem mesa de 10 usd. Ou seja, pra começar a se divertir , prepare pros primeiros 60 segundos, 100 dolares... e nao vi ninguem ganhando horrores, nao!


6) As maquininhas dos cassinos são algo que não fazem mto sentido para mim, mas sei que conseguimos triplicar nossa aposta milionaria de 6 usd e saimos com 18 usd!! E tem uma certa diversao vc brincar com algo que desconhece completamente...rsrs



7) Chega antes (20 a 30 min) do seu espetáculo começar. No show do Lance Burton perdi a entrada dele pq fiquei na fila da pipoca! Eram apenas 2 atendentes pra uma fila gigante, e o mesmo sujeito recebia o dinheiro, pegava a coca, a pipoca, etc... lento... 


8) As fontes do Bellagio são algo Mágico, lindo, incrível e imperdível!!! E a cada momento é uma música diferente! Ou seja, se vc não tiver nada pra fazer numa noite, ou antes de um show, fique lá esperando que de 15 em 15min as fontes oferecem um show lindissimo, de emocionar e de arrepiar.. sem duvida, o ponto alto de Las Vegas!! 



9) A montanha russa do NY NY custou 14 usd e foi divertida, segundo meu marido. Eu nao ando em nada disso, por nenhum dinheiro desse mundo. (Ok, se for por mto dinheiro, pode ser que eu ande..rsrs).


10) Roupas: Durante o dia, Las Vegas é mto quente! Use protetor solar, vista roupas leves, tenis (sim, tenis!!), óculos escuros, protetor labial, e sempre tenha uma garrafinha de água. Vi vendedores ambulantes paradinhos vendendo água a 1usd! Em outras cidades, como Los Angeles, compramos só a 2,5 usd... Beba água em Las Vegas!! hehehe



11) À noite, as pessoas se arrumam um pouco mais: pouca coisa! Não é mega luxo, não é visual Paris Hilton. Mas, depende do que vc quer fazer: ver o Cirque du Soleil e dps jantar: Calça jeans, vestido basico está legal. Mas se quiser curtir uma night o pessoal capricha mais, usa salto, brilhos. Reparei em mtos vestidos, quase 100% pretos!


12) O Outlet de Las Vegas foi bacana! Meu marido comprou mta coisa tipo pague 1 e a segunda peça sai pela  metade do preço. O que é um super negocio! Calça Levi´s 501 a 35 dolares. Comprei algumas coisas de 39 usd, etc. Vale a pena ir, sim! E se gostar, nao pense, compre pq nem todos os Outlets tem as mesmas coisas. E dps se arrepende de não comprar (eu bem sei!!!).



Enfim, acho que é isso. Acabo aqui as dicas de Las Vegas! O próximo post já começo a falar sobre San Francisco, uma cidade fofa, fofa!! 


Beijocas
Carol

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Dia 3 : Las Vegas - Dia cheio!

Segundo dia em Las Vegas



Acordamos com aquela vontade de conhecer tudo!! Como eu tinha ficado mto na dúvida entre o Bellagio e o Venetian, queria ir até lá ver o outro hotel mto bem falado daqui.

Fachada do Venetian


Eu, sinceramente, achei mto bacana, mas nao me encantei. O lado de fora é mto bonito, bem imitando Veneza mesmo, mas dentro não é parecido, não! Claro, tem a simulação dos Canais, tem Gôndola para dar uma voltinha, tem uma imitação de loooonge da Piazza San Marco. Tem, sim! Mas, são imitações. Ponto. 


Achei a imitação de Paris, no Paris Las Vegas mto mais fiel à realidade! Mto mais! Mas, o Hotel , claro, é enorme, super pomposo, cheio de lojas famosas e com um cassino enorme, como não poderia deixar de ser. 


Tomamos café no Grand Lux Café , dentro do Venetian, e foi otimo! Super bem servido! Os pratos nos EUA são sempre gigantes... Chegamos 10 minutos dps que acabou o Buffet de café da manhã, mas comemos mto bem tb, pedindo a La Carte.

Café da Manhã Leve e Saudável


Dps da comilança gigante, pegamos um taxi e fomos até o Luxor, que fica em uma das extremidades da Rua. Como não é mto perto, apesar de ser na mesma, rua, pegamos um taxi que nos custou 10 dólares e nos fez ganhar mto tempo e menos cansaço. 



O Luxor é um hotel em forma de Pirâmide. É interessante. Os quartos ficam dentro, claro, e no meio é o Hotel. É um projeto de arquitetura bem bacana. Dentro tem uma capela de casamento e tinham 2 amostras: A do Corpo Humano e a do Titanic. 


No subsolo, tem o Buffet do Luxor, que quer retratar um subsolo, arqueologicamente falando. Bacaninha.


O que foi ótimo é que de dentro do Luxor é possível ir a pé para o Excalibur , que é bem simples, antigo e não tem nada demais, na minha opinião, e de dentro do Excalibur é possível ir pro New York New York por uma ponte. Ou seja, andamos uma grande parte, sem atravessar as ruas, sem passar calor e super bem! Ou seja, carro pra que?


Simpatizamos mto com o NY NY! Achamos mto família, com um clima bom, com uns restaurantes e bares simpáticos, uma imitação fofa de NY, com prédios com escadinhas do lado de fora, tijolinho, enfim, achei um cenário gracinha!! 

NY NY - Fofo e Familia


Dentro tem uma loja da Harley Davidson e tb tem o acesso à montanha russa, no próprio Hotel, que passa por dentro e por fora do hotel. Eu, claro, não fui! Mas, o Rafael foi à noite, com o casal de amigos que encontramos por lá.


No NYNY tem tb o Zumanity, que é o Cirque du Soleil para "adultos", com um aspecto mais sensual. Confesso que fiquei curiosa. Mas, como o Cirque não é algo mto barato nem tínhamos mto tempo, acabamos não assistindo mais nenhum, apenas o Mystere mesmo.


Nessa altura do dia, pensamos no que faríamos à noite. O meu marido, que adora uma mágica, insistiu e eu topei, ver o Lance Burton,  no Monte Carlo. 


Saindo do NYNY, atravessamos a passarela e caímos direto no MGM, outro hotel enorme, parece que é o maior em número de quartos (mais de 5mil!) e demos uma volta por dentro dele tb. No MGM tem o Studio 54, tem um restaurante que tem em alguns locais dos EUA que imita uma floresta , que tem uma lojinha ao lado e que é uma coisa fofa!! E tem o Lion Habitat, que é onde ficam os leões. 

MGM Entrada Principal -NAO SAIAM POR ELA!



Demos mais uma volta no MGM e fomos para a Rua. A dica é: Nesse caso, tente entrar pelo mesmo local que vc entrou! Sair do MGM pela entrada principal, onde tem um leão dourado, significa que vc vai andar pela rua lateral, no calor,  por uns 10 minutos até chegar na Strip. Então, volte por dentro do Hotel mesmo e saia por onde entrou, que já está na meiuca da Strip e vc só desce a escadinha e já está na calçada, animada, cheia de lojinhas.



Inclusive, no meio das lojinhas, tem uns balcões na rua mesmo, com TICKETS pros shows daquela noite com desconto. E são ótimos descontos. Mas, como descontos nunca estão do nosso lado, entramos em 2 filas e o show do Lance Burton estava cheio, sem ingressos com desconto praquele dia. 



Mas, mesmo assim, fomos até a bilheteria oficial, no próprio Monte Carlo e compramos o Ticket , com o preço cheio (em torno de 79 dolares cada um). Felizes!!!

Fachada do Monte Carlo, pós show de mágica mto bom do Lance Burton


Na calçada que beira o MGM existem umas lojinhas interessantes e que valem demais a visita. Uma delas é a lojinha fofa do M&M, com vários andares e tudo o que vc possa imaginar deles. Não é uma fábrica, é uma loja mesmo, com milhares de tipos de produtos. E a outra loja, no mesmo estilo, é a da Coca Cola, tb super bacana e que me rendeu mais alguns Dolares gastos tb por ali... 

Carolina Herrena - Noivas ! Luxo!!

Dps desse dia de rua, chegou a parte de tarde e queria ir ao Outlet. Pegamos um taxi, que custou em torno de 17 usd, não mais do que isso, e chegamos ao Premium Outlet, que fica bem pertinho da Strip e tem lojas bacanas.


Comprei algumas coisas, nada de mtaaaaa coisa. Até mesmo pq o show do Lance Burton era às 19h e eu ainda queria passar no Hotel, tomar um banho e sair. E foi o que fizemos. 1:30 de compras, taxi de volta pro Bellagio, e saimos em cima da hora, às pressas e desesperados pro show. Mas, chegamos e deu tempo até de comprar a pipoca, na infinita e lenta fila do local.


Dps do show, que foi absolutamente bom, mto legal e impressionante, fomos ao encontro dos nossos amigos que queriam andar na Montanha Russa do NYNY e eu fiquei segurando as bolsas e coisas deles. Logo dps era hora de comer algo, curtir um lugarzinho, etc.


Mas, novamente, repito, os restaurantes de LAS VEGAS fecham às 22h, então, é mto complicado sair e entrar no primeiro restaurante que vc vir dps do show. Com a nossa inexperiência sofremos mtooo pra achar um lugar legal. Na verdade, desistimos!! E, dps , eu  e Rafa, sozinhos, acabamos achando no Ceasar um Café (bom por sinal) com atendimento após às 23h, com um cardápio reduzido!! Um milagre pq já estava tudo fechado!


Então, fica mesmo a dica: Não deixe pra comer mto depois do show. Os restaurantes fecham mesmo às 22horas, o que seria impensável em Las Vegas, mas é verdade... 


Dps do jantarzinho bacana, fomos pro Bellagio e comecei a fazer as malas. Amanha partimos para San Francisco!!


O próximo post não será, ainda, sobre San Fran. Antes, preciso fazer uns comentários sobre algumas coisas que li antes de ir , mas que merecem explicações e dicas.



Enfim, é isso... escrevi horrores, pra variar. Mas, eu sofri mto pra conseguir um BOM guia detalhado de Las Vegas e não achei. Então, prometi que escreveria com detalhes pra facilitar a vida de pessoas que fossem até lá.



Bjs e até a próxima parada!
Carol

sábado, 28 de agosto de 2010

Dia 2 - Primeiro dia em Las Vegas

Saímos do Rio às 21:55 e o vôo não teve mto atraso. Pela primeira vez conheci o avião da Continental, que achei um pouco mais espaçoso do que o da TAP, com aquela TVzinha com entretenimento para todos os passageiros, com filme, seriados, jogos, música, etc...


O jantar estava (inesperada e incrivelmente) bom! O que é um milagre em se tratando de comida de avião! Para eu achar bom, realmente, não estava ruim... pq geralmente paro de comer no meio.


Enfim, aquele típico vôo noturno. Galera dormindo, e eu vendo filme, lendo a revista de bordo, vendo mais um filme e por fim, sendo vencida pelo cansaço e tirando um cochilo.


Chegamos em Houston bem cedo pela manhã e tínhamos exatamente 1:23 para passar pela imigração, pegar a mala na esteira e novamente colocá-la na esteira e chegar até o portão de embarque para Las Vegas.


Só que não contávamos com a FILA GIGANTE da Imigração! Falei para o meu marido para tentarmos conversar com a senhora que organizava a fila e tentar passar na frente, tendo em vista estarmos há poucos minutos do nosso embarque. Mas ele não concordou. Obviamente, perdemos o vôo.


Na imigração propriamente, as perguntas foram normais. Para onde estávamos indo. Quanto tínhamos em dinheiro. O que fazíamos no Brasil. Se já estive nos EUA antes. Não me lembro de nada de mto relevante perguntado.


Dps de colocar os dedinhos na máquina da impressão digital, fomos a esteira, onde pegamos a mala e a colocamos na outra esteira. Procedimento de segurança, dizem eles....


Enfim, como perdemos o vôo... fomos realocados no próximo, em torno de 1h depois. Sorte que tinha um logo em seguida... então, foi o tempo de fazer um lanche típico americano (Bagel com apple juice) e embarcar.


Chegamos em Las Vegas e do aeroporto pegamos um taxi para o Bellagio. O táxi deu 25 dolares ao contrário dos 15 que li pela internet em site de simulação de tarifas. O trajeto é realmente mto curto, não era pra ter dado 25 dolares. Não sabemos se fomos enganados, mas valeu a pena pela rapidez que chegamos lá.



Chegando no Bellagio, uma fila grande , bem grande pro check in. Mas, logo apareceu uma moça avisando que os quartos estariam liberados apenas após as 15h, e quem quisesse poderia deixar a bagagem num local seguro no hotel e ir passear e voltar mais tarde. Como já estava quase na minha vez, esperamos ...


E, obviamente, o nosso quarto não estava disponível.... dps de perder o vôo e ser passada pra trás no taxi, não poderíamos mesmo ter uma ótima notícia! (Mal sabíamos que a próxima seria mtoo boa!) Mas, não tinha problema. Deixamos as malas e fomos passear.


Primeiro, atravessamos por dentro do Bellagio mesmo (logo dps do cassino virando à direita) e fomos ao Ceasars. Conhecemos o hotel, o cassino, e o The Forum Shops, que é um shopping mesmo, com as marcas mais famosas dentro do hotel, enorme...


Reparem no teto do Shopping que varia conforme o dia vai passando. É uma pintura, mas que vai mudando conforme a passagem do dia... bacana! E as esculturas dentro do hotel são realmente lindas e mto caprichadas. O hotel é gigante!! Acho que é o maior hotel, em termos de área...


Em seguida, passeamos pela Rua, entramos no Flamingo, entramos no Ballys, e acabamos parando no Paris Las Vegas que é exatamente em frente ao Bellagio. Tinha lido que o Buffet do Paris era mto bom, excelente, imperdível, e como já estava na  hora de comer alguma coisa, resolvemos ir pra lá mesmo.


Já era mais de 14h, ou seja, era hora do almoço. E tinha de tudo o que vcs possam imaginar no tal do Buffet, que nos custou em torno de 17 usd por pessoa com o refrigerante refil. Não achei maravilhoso em termos de paladar, de comida, mas é como se fosse um grande restaurante self service, com um ambiente diferente, temático, e com vários tipos de comida (massa, saladas, carnes exóticas, salsichas, frutos do mar... sei lá tinha de tudo ali!). E, claro , tb tem sobremesa incluída nesse preço.


Achei o Paris Las Vegas bem bacaninha. Achei o máximo a Torre na frente, que realmente não é uma imitação tosca. É bem parecida e dizem que é 2/3 da original, apesar de não parecer. É possível entrar e subir para ver a Strip de lá. Infelizmente, não tivemos tempo. Dentro do hotel, achei mto bacana tb, pq eles tentaram reproduzir o clima parisiense, com Bistrôs, Patisseries, e tudo mais. Uma coisa bem fofa!! Dentro do Cassino é possivel ver a estrutura da torre , as bases dela, que vazam pro lado de fora. Achei aquilo o máximo tb!


Dps desse mega almoço, voltamos pro Bellagio pra fazer o check in. E ai tivemos a surpresa que contei há alguns posts: nossa Salone Suíte estava ocupada e tivemos um UPGRADE pra Bellagio Suite. Coloquei fotos dela aqui nesse post! Não deixem de ver, pq foi mto bacana mesmo.


Enfim, uma grande e excelente notícia! Aproveitamos umas 2 horinhas o nosso quarto, com pulos na cama (bem filme!), aproveitei a sauna, a hidro, e tudo mais.. (OK, coisa de pobre, eu sei, mas só vou ficar nesse tipo de suíte uma vez na vida!hahaha).


Dps disso, Rafa quis ficar domindo um pouco para descansar e eu, claro, fui bater perna. Andei pelo Miracle um shopping que tem em frente ao Bellagio tb. É bem grandinho e vc anda em círculos. Várias lojas bacanas. Nesse primeiro dia não tive mto ímpeto de compras... comprei apenas uns guardanapos coloridos que eu achei fofos e mto engraçados, e umas vaquinhas de espetar no queijo nas quais vc pode escrever o nome do queijo, uma coisa fofa e que nunca tinha visto tb. Coisas bobas de casa...



Saindo dali voltei pra rua e segui mais na direção oposta que havíamos andado pela manhã, indo pro MGM. Nesse pedaço tem mtas lojas, mtas pessoas andando pelas ruas, o que é legal,  sai um pouco daquele clima de hotéis!


Passei numa farmácia (Walgreens) para comprar algumas coisas e vitamina C pro Rafa e voltei pro Hotel. Fiz tudo isso a pé, tá!?


Nos arrumamos e fomos pro Cirque du Soleil. Nesse momento, encontramos a Mari e o Diogo, amigos nossos que por coincidência tb foram pra lá na mesma época, e eles nos deram uma carona até o Tresure Island, onde fica a apresentação do Mysteré do Cirque du Soleil.


No Tresure Island tem uma apresentação, num barco, do lado de fora do Hotel (ao ar livre) com uns piratas (é como se fosse uma briga entre os piratas de 2 barcos ) e a galera fica no meio assistindo. Na primeira tentativa de assistir ao showzinho, estava ventando e por isso não teria naquele horário. Fomos para a fila do Cirque, que estava grande, mas não tem problema porque tem lugar marcado.



Compramos na primeira fila, literalmente, pq era o que tinha. O Cirque de Las Vegas, pelo menos esse que foi o que eu assisti, é bem maior do que o que montam aqui no Brasil. Tem uma estrutura de circo/teatro mesmo, e mto mais estrutura de show, mto mais UAU do que os que montam aqui. Afinal, esses shows ficam em cartaz permanentemente, todos os dias, em Las Vegas. Ou seja, é algo realmente mto mais  profissional.



Achei mto bacana e mto bonito o espetáculo. Acrobacias, show de humor, brincadeiras com o público, música ao vivo o tempo todo com uma banda excelente, e mtos números de ficar com a boca aberta. O formato dos shows do Cirque são mais ou menos os mesmos, quem já viu um sabe mais ou menos o que verá no proximo, sempre com alterações.



Existem outros vários Cirques em Las Vegas, como o LOVE , dos Beatles, que esse casal de amigos ADOROU, o ELVIS, o BELIEVE, que é com o Cris Angel (meio mágica, meio loucura, meio desafio!!), o ZUMANITY (no New York New York), que é o lado sensual do Cirque, e o O, que é o que acontece na água. Esse último ("O"), não acontece nem nas segundas nem nas terças, por isso, não conseguimos ver.  Os demais, o marido nao queria ver Beatles nem Elvis. E o Cris Angel só descobri quem era e o que fazia qdo chegamos em San Francisco e nos arrependemos de não ter ido, pq parecia incrível mesmo....


Enfim, não faltam opções de Cirque du Soleil em Las Vegas. E recomendo ir, mesmo pagando 120 usd por cada ingresso...


Dps que saímos do Cirque conseguimos assistir ao show dos Piratas da Tresure Island. Veja mais informações oficiais e horários aqui! Sinceramente? Uma coisa TEEN! Super forçando a barra, com meninhas novinhas de saia curta, cantando uma coisa a la Britney Spears. Sim, tem uma historinha, tem uns fogos, uns incêndios e coisas que são bacanas ao vivo, de serem vistas. Mas, não tive paciência de ficar até o fim...


Tentamos dps disso ir até uma boate e fazermos uma night, seja ela qual fosse. Mas, acho que na segunda feira Las Vegas não bomba. Pelo menos, não achamos nada. Fomos até o Mandalay Bay que é onde parecia ser o local mais animado, mas tinha apenas um bar com música ao vivo. E o bar gelado (Minus 5) parecia minúsculo, e porque um amigo nosso estava dirigindo, não quisemos pagar os 25 dolares por pessoa pra entrar e tomar um unico drink. Mas, pareceu um lugar que vale a pena de entrar e ver o esquema do bar de gelo e tudo de gelo...  apesar de vc não poder tirar nem uma foto do lado de dentro...


Tentamos ainda buscar uma ou outra night, mas acabamos falindo no nosso plano!! 

Voltamos pro Hotel , onde chegamos em torno de 2h da manhã, mortos, e doidos por uma cama deliciosa. E isso nós tínhamos!!  hehehehe


E isso tudo foi apenas o PRIMEIRO DIA!!! 


O dia seguinte continua, no próximo post/proxima parada.


Bjs
Carol

sábado, 21 de agosto de 2010

Roteiro Final - Viagem a Las Vegas e California

Alguns vão criticar o meu roteiro, eu sei. E estou preparada para isso. Foi corrido, tenho que admitir. Mas, ao mesmo tempo, não pretendíamos voltar a essa região novamente, pelo menos não assim, todos os locais... então, como só tínhamos  9/10 dias, resolvi que seria melhor correr e ver tudo mais rapidinho do que conhecer metade das coisas devagar. Opção minha. Caso vc tenha mais 3 /4 dias, esse roteiro fica mais agradável, sem dúvida.



Então, resumindo, nosso roteiro ficou assim:

Dia 1 - Saída do Brasil - Vôo para Houston e de Houston para Las Vegas. (como já falei abaixo, perdemos o vôo entre um e outro, apesar de termos 1:23 para chegar no outro embarque. Mas, a imigração, com sua giga fila complicou nossa vida).


Dia 2 - Chegada em Las Vegas às 10:30 da manhã. Dia em Las Vegas.


Dia 3 - Dia em Las Vegas novamente.


Dia 4 - Saída pela manhã para San Francisco. Dps de 3 horas de atraso do vôo, por causa de neblina em SanFran e por conta de problema na aeronove, chegamos às 14h no hotel e já saímos para a Rua!


Dia 5 - Dia em San Francisco 

Dia 6 - Pegamos um Carro alugado (outra sorte, que contarei dps!) e começamos a descer a Highway 1. Primeira parada Monterey. Mile 17 Drive. Carmel. Passamos a noite em San Luis Obisco. (Não recomendo pq ficou mto cansativo!)


Dia 7 - Continuamos a descida. Passamos em Pismo Beach, para tomar café, mto rapidinho, e seguimos para Solvang. E dps para Santa Barbarra. Em seguida, Carrilo Outlet. Fim do dia passamos em Malibu, mas já estava escuro. E seguimos para Los Angeles.


Dia 8 - Los Angeles. Dia intenso para conseguir conhecer tudo.

Dia 9 - Embarcamos às 12:30 para Houston de novo e de lá para o Brasil.

Dia 10 - Chegamos de manhã cedo no Rio. 


Eu disse, foi mto corridinho. Sinceramente, deu pra ver tudo. Senti falta de curtir mais um pouco as cidades, principalmente  Los Angeles, que foi rapidíiissimo, mas não ficou aquela vontade de QUERO VOLTAR pra isso. Foi ótimo, mto bacana, divertido e aproveitamos, mas foi corridinho!


Voltarei contando item a item de cada dia da viagem, explicando o que fizemos, como foi e dando dicas que conseguimos por lá!


Acompanhem!

Bjs
Carol

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Escolhendo a Hospedagem: Los Angeles



Já o hotel de Los Angeles foi tranquilo tb de escolher. Los Angeles é uma cidade mto grande, com ruas largas, mão dupla, e é realmente impossível não ter um carro para circular. Portanto, o ideal é que o Hotel seja bem localizado, mas não precisa ser o MAIS bem localizado.




Claro que estar na cidade, no centro e perto das atrações, é bacana e fundamental!



Aliás, se eu fosse para Los Angeles novamente (o que eu acho praticamente impossível) eu ficaria 1 noite em Santa Mônia, para aproveitar mais a região da praia. Mesmo que isso signifique arrumar mala, fazer check in, etc. Ficaria 1 noite em Los Angeles e 1 em Santa Mônica (ou mais, claro!).



O Hotel de Los Angeles poderia ser na região de Hollywood ou na região de West Hollywood ou Beverlly Hills. Eram as minhas regiões preferidas para ficar. E novamente, recorri ao Hotwire.com que mostrava um Hotel mto bacana, e com quase 5estrelas por US$ 200. 



Dps de procurar em alguns sites, descobri que a descrição do hotel no Hotwire que diria que Hotel em Los Angeles em West Hollywood com 4 estrelas e meia, seria o Sofitel. E ai, como a diária, apesar de cara estava bem abaixo do que os demais sites para o mesmo hotel, resolvi e arriscar e fechar o Hotel assim mesmo.



E, novamente, dps de pagar, recebi a confirmação de que era o Sofitel e fiquei mto feliz!



O site diz que é um LUXURY hotel, o que eu não sabia exatamente como era. E , de fato, o hotel é mto bacana, mto luxuoso, e mto cheio de design e de um acabamento absolutamente impecável. Foi uma grande pena termos ficado tão pouco tempo em Los Angeles e termos aproveitado mto pouco o Hotel. A piscina era algo imperdível, mas perdemos! A cama, o chuveiro, os móveis, o serviço, o box, enfim, tudo, foi irritantemente e maravilhosamente impecável. E achamos a localização mto boa! Em 10 minutos de carro, estávamos em vários locais.




Em frente ao Hotel, exatamente, tinha uma Macys e 2 shoppings bem bacaninhas, farmácia, etc.



Na próxima escala, vou começar a descrição mais detalhada da viagem, do vôo, e das cidades, dia-a-dia!



Espero que seja mto útil!


Beijocas
Carol